RH inteligente e orientado a dados - uma nova realidade - Empregame

Empregame - Plataforma inovadora que conecta profissionais e empresas

+55 (11) 93316-7432
Empregame - Plataforma inovadora que conecta profissionais e empresas

Blog

RH inteligente e orientado a dados – uma nova realidade

RH inteligente e orientado a dados – uma nova realidade

O RH inteligente e orientado a dados é uma nova realidade no setor.

Os avanços tecnológicos têm transformado o ambiente de trabalho ao redor do mundo. Como era esperado, todas as áreas se movimentam em direção aos benefícios que a tecnologia proporciona.

Neste cenário, o RH está despertando para reconquistar seu valor dentro das organizações e provê-las de modo a contribuir de forma concreta para o crescimento do negócio.

O People Analytics é uma realidade para os profissionais de RH; de acordo com a Forbes, People Analytics é a área que determina boas estratégias e ações para garantir uma melhor performance dos funcionários”.

Em outras palavras, é entender que as pessoas são fundamentais para a companhia. Seus objetivos, motivações e engajamento acabam influenciando na performance da empresa como um todo. E, desta forma, o RH torna-se uma área que depende cada vez mais de dados, números, relatórios e estratégias.

A coleta, organização, análise e interpretação desses dados proporciona uma melhor tomada de decisão com a redução da intuição e com a possibilidade de uma decisão mais assertiva.

A área de RH está sendo cada vez mais questionada a justificar suas decisões, que devem ser baseadas em resultados mensuráveis. Consequentemente, isso faz com que os dados sejam fundamentais para a elaboração dessas decisões, ao invés de utilizar intuições, julgamentos e outros processos subjetivos.

O momento é de preparar os profissionais de RH para a área de Analytics, que possam fazer uso dos dados em seus processos de recrutamento e seleção, retenção de talentos e tudo que for relacionado às pessoas.

E nesse ambiente em mudança, o desafio do RH inteligente é encontrar um equilíbrio entre a tecnologia (particularmente a automação) e o papel humano nas organizações do futuro.

O conceito de People Analytics

Conforme o Portal da Fundação Instituto de Administração e a Sociedade Brasileira de Desenvolvimento Comportamental, o conceito People Analytics surgiu na gigante tecnologia do Google, no final da última década do século XX, sendo Mike West um dos fundadores da prática.

Porém, só a partir de 2007 foi que o Google implantou efetivamente esse método na mídia através da plataforma Google Analytics, no momento em que recebia cerca de 15 mil currículos por dia. Entretanto, ele não foi o pioneiro nessa prática.

A virada do século (de 1990 para o ano 2000) foi um período de grande expansão da informatização em todo o mundo. Passou a exigir mudanças nas empresas para participação no mercado, abrindo as portas do empresariado para o mundo virtual.

Atualmente, há um grande número de empresas em todo o mundo atuando em “Consultoria” com a ferramenta People Analytics. Porém não encontramos outras plataformas gratuitas de propagação deste sistema além do Google.

Desafios do RH inteligente orientado a dados

rh-inteligente-dados

Os principais desafios para a adoção do People Analytics se resumem na dificuldade de correlacionar os indicadores com os objetivos do negócio. Além do pouco preparo das lideranças no uso desses dados.

Para atingir a maturidade necessária para utilização do People Analytics, é importante que se tenha uma equipe de profissionais habilitados para essas atividades, que vão da coleta e tratamento de dados até a análise dessas informações. É preciso ter recursos tecnológicos disponíveis para suportar este processo.

Por outro lado, precisamos entender que a inovação é uma questão estratégica de organizações. E se configura em um diferencial altamente competitivo no acirrado mercado da atualidade. Estamos vivendo na Era da Tecnologia, que é a tendência global do capital humano.

Encontramos outros desafios que podem vir a impactar negativamente os processos do RH porque são resultantes do mau comportamento das pessoas. Mas que não interferem nos benefícios que o People Analytics vem trazendo para as empresas, colaboradores e sociedade em geral.

Roberto B. Nobrega
Doutorando em People Analytics

Compartilhe esse artigo

Receba nossas novidades

Cadastre-se para receber as nossas novidades e dicas.

Fale Conosco


    Telefone

    +55 (11) 93316-7432

    Email

    contato@empregame.net.br